segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

SABOR ETERNO



Bem no alto da Montanha por entre as veredas abruptas do vento e do frio , o meu avô com uma voz desgastada pelo cansaço , disse-me empunhando a mão como se quisesse acariciar o invisível :

_ Pagic, nunca tenhas acanhamento de confessar as tuas esperiências. Quando te comportas como um ser comunicador com o que te rodeia, fazes a tua experiência espiritual...espreguiças-te , esfregas o teu peito e bates as palmas de satisfação ,exclamando o nome daqueles que amas e que te amam...repetes palavras nossas imolando-te por cada poeira do cosmos com a vontade de transmitir ou receber o amor, qual seiva brotante de uma flor,libertando-te da concupiscência possuidora de mil valores eternos voando na alegria santificada da plena felicidade ...

Entra Pagic e vê o sabor do Aperitivo da Glória ...

2 comentários:

gotadevidro disse...

Nada como ser puro e de coração aberto.
Sem dúvida que entra melhor a luz da vida.

Belo o novo visual

Fantástica a música

bjinhos

MEU DOCE AMOR disse...

Voo que glorifica...

Um beijinho doce